Partido busca retomar ideias mais progressistas, como aborto, que não foram defendidas na eleição passada por Marina Silva

O Partido Verde oficializou neste sábado (14), em convenção nacional, a candidatura à Presidência da República de Eduardo Jorge (SP). Ele terá como vice a atual vice-prefeita de Salvador, Célia Sacramento.

Em SP:  Aécio Neves é oficializado candidato a presidente em convenção do PSDB

Eduardo Jorge (PV) é visto ao lado de sua candidata à vice, Célia Sacramento, durante entrevista na Convenção Nacional do PV, em Brasília
Facebook/Reprodução
Eduardo Jorge (PV) é visto ao lado de sua candidata à vice, Célia Sacramento, durante entrevista na Convenção Nacional do PV, em Brasília

Para os verdes, a candidatura de Eduardo Jorge significa um retorno do PV a bandeiras progressistas defendidas pelo partido e que teriam ficado esquecidas nas eleições presidenciais de 2010, quando o partido levou a candidatura de Marina Silva.

Entre essas bandeiras estão a descriminalização da maconha e do aborto, que não foram defendidas por Marina, que é evangélica. "Ela tem ideias decorrentes da sua posição religiosa que são muito conservadoras", criticou Eduardo Jorge durante a convenção, referindo-se à vice de Eduardo Campos. “O PV tem posições mais liberais”, disse Eduardo Jorge, que terá um minuto de TV para expor as ideias do partido.

Além da pauta mais polêmica, o programa do partido também propõe a defesa do desenvolvimento sustentável, a reforma política, e um novo pacto federativo com uma distribuição de recursos mais focada nos municípios, uma “economia verde”, e a geração de energia com base em matrizes mais limpas, como eólica e solar.

Eduardo Jorge é médico sanitarista, foi deputado federal por quatro mandatos, foi deputado estadual e duas vezes secretário municipal de Saúde de São Paulo.

Nas eleições passadas, Marina recebeu quase 20 milhões de votos pelo PV. Em 2011, se desligou do partido após participar de uma disputa interna com dirigentes da legenda.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.