Os três pré-candidatos oscilaram dentro da margem de erro. Em um cenário com os vices, Campos reduz desvantagem em relação ao pré-candidato tucano ao aparecer com Marina

Pesquisa Ibope, feita a pedido da União dos Vereadores de São Paulo (Uvesp) e divulgada nesta terça-feira (10) traz a presidente Dilma Rousseff (PT) com 38% das intenções de voto contra 22% de Aécio Neves (PSDB) e 13% de Eduardo Campos (PSB). Dilma oscilou dois pontos para baixo em relação ao leventamento anterior em maio, mas dentro da margem de erro. Aécio e Campos também oscilaram dois para cima.

Datafolha em junho: Dilma tem 34%, Aécio, 19%, e Campos, 7%

Pesquisa Ibope em maio: Dilma tem 40%, Aécio, 20%, e Campos, 11%

Os presidenciáveis Aécio Neves, Dilma Rousseff e Eduardo Campos
Agência Senado/Presidência/Divulgação
Os presidenciáveis Aécio Neves, Dilma Rousseff e Eduardo Campos

O Ibope, a pedido da entidade, testou cenários dos candidatos com os seus respectivos vices. No caso de Aécio, que ainda não definiu quem estará com ele na chapa, os cenários testados são com José Serra, Tasso Jereissati e Aloysio Nunes. Campos aparece com Marina Silva e Dilma com Michel Temer. Quem mais se beneficia com a entrada do vice na sondagem é Campos, que reduz sua desvantagem em relação a Aécio e enconsta no tucano. O pré-candidato do PSB varia entre 17% e 18% e o pré-candidato do PSDB entre 22% e 23%.

A pesquisa entrevistou 2.002 pessoas em 142 municípios do País entre 4 e 7 de
junho. O nível de confiança estimado é de 95% e a margem de erro é de 2 pontos porcentuais para mais ou para menos. O levantamento foi registrado sob o protocolo BR-00154/2014 no Tribunal Superior Eleitoral.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.