Barbosa avisou sobre saída a assessores na última hora

Por Wilson Lima - iG Brasília |

compartilhe

Tamanho do texto

No gabinete, funcionários já tiraram fotos e agradeceram ao trabalho com o presidente do STF. Ele já tem garantido ingresso de jogo na Copa em Brasília

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, falou sobre sua aposentadoria apenas hoje a assessores mais próximos e funcionários de seu gabinete.

Após falar publicamente sobre a aposentadoria no plenário do STF, Barbosa, quando retornou ao seu gabinete, foi abraçado e tirou fotos com todos os seus funcionários. Inclusive os mais próximos, como os agentes administrativos que transportam os processos ao plenário, os chamados capinhas.

Fora do STF: Barbosa pode ir para a vida acadêmica ou se candidatar em 2018

Barbosa após saída: ‘Mensalão saiu da minha vida, espero que saia da de vocês’

Barbosa falou sobre sua aposentadoria ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), ao presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) e em audiência com a presidente Dilma Rousseff (PT). Dilma, por exemplo, também ficou surpresa com a confirmação da aposentadoria de Barbosa. Para a presidenta, quando Barbosa marcou uma audiência para hoje, o presidente do STF pretendia apenas discutir assuntos relacionados à Suprema Corte.

Barbosa em plenário: 'Sinto-me honrado e agradeço a todos'

Marco Aurélio Mello: 'Fomos pegos de surpresa', diz ministro

Nos bastidores, funcionários e até o próprio presidente não acreditavam que ele ficaria mais que um ano no cargo por causa das fortes dores nas costas. A interlocutores, Barbosa admitiu, ao assumir o mandato em novembro de 2012, que somente ficaria à frente do Supremo por um período de “sete a oito meses”. No entanto, ele tinha como meta pessoal concluir o julgamento do mensalão. Inclusive da fase dos embargos infringentes.

Agora fora do Supremo, Barbosa pretende descansar e, inclusive, já comprou ingressos para a partida Portugal e Gana, que vai ser realizada dia 26 de junho, às 13hs. O STF dispensou expediente em todos os jogos do Brasil.

Leia tudo sobre: barbosastf

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas