Ministro do STF manda soltar deputado preso em operação da PF contra desvio

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

José Riva (PSD-MT) é investigado na Operação Ararath, destinada a apurar crimes contra o sistema financeiro nacional

Agência Brasil

O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal, mandou soltar hoje (23) o deputado estadual José Riva (PSD-MT), preso na Operação Ararath, da Polícia Federal. O parlamentar foi preso terça-feira (20) e transferido para o Presídio da Papuda, no Distrito Federal. O alvará de soltura foi assinado pelo ministro.

Leia mais: Operação da PF prende deputado e ex-secretário do Mato Grosso

O deputado é investigado na Operação Ararath, destinada a apurar crimes contra o sistema financeiro nacional e lavagem de dinheiro. Em novembro de 2013, quando concluiu a primeira etapa da operação, a polícia informou que, desde o começo de 2011, vinha investigando empresas de factoring (fomento mercantil) e de outros segmentos, como uma rede de postos de combustíveis de Cuiabá.

Por meio de operações de empréstimo fraudulentas, as empresas lavavam dinheiro e fraudavam o sistema financeiro, movimentando mais de R$ 500 milhões de reais em seis anos. A base do esquema era uma empresa de Várzea Grande (MT) que encerrou suas atividades em 2012.

Leia tudo sobre: operação ararathtoffolijosé riva

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas