Oposição protocola pedido de CPI mista para investigar Petrobras

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Assinado por cerca de 231 deputados e 30 senadores, o pedido de criação da comissão mista pede investigação sobre suposto superfaturamento na compra de refinaria nos EUA

Reuters

A oposição protocolou nesta quarta-feira (2) mais um pedido de criação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a Petrobras, desta vez composta por senadores e deputados.

Leia mais: Pedido de CPI da Petrobras é lido no Senado, mas criação é adiada

Contra-ataque: Governistas apresentam pedido de CPI ampliada no Senado

Divulgação
Oposição protocola CPI da Petrobras com assinaturas de deputados e senadores

Assinado por cerca de 231 deputados e 30 senadores, segundo assessoria do DEM na Câmara, o requerimento de criação da comissão mista pede investigações sobre suposto superfaturamento na compra de uma refinaria em Pasadena, nos Estados Unidos; suspeitas sobre pagamento de propina a funcionários da estatal por empresa holandesa, e ainda a ativação de plataformas de exploração de petróleo sem todas as condições de segurança.

Na semana passada, senadores da oposição já haviam protocolado um requerimento para investigar a Petrobras no Senado, em requerimento semelhante ao apresentado nesta quarta para a CPI mista.

Poder Online: ‘CPI é eleitoreira e só prejudica a Petrobras’, diz Rui Falcão

Numa manobra para tentar evitar a CPI na terça-feira, o PT apresentou um pedido para criação de outra CPI no Senado que investigue os contratos de manutenção e aquisições de trens e metrôs, firmados no Estado de São Paulo e no Distrito Federal, que seriam alvo de um cartel de empresas, e as transferências de recursos federais para Estados e municípios para projetos de tecnologia de informação.

Senadores do governo e da oposição apresentaram ainda questões de ordem colocando em dúvida se os dois pedidos de CPI no Senado tinham fatos determinados - requisitos para a criação de uma CPI - claros e argumentando que os requerimentos, na verdade, reúnem pontos desconexos a serem investigados.

O presidente do Senado e do Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL), pode responder às questões de ordem nesta quarta-feira, o que pode dar uma noção de como será tratado o pedido de criação da CPI mista.

Para que seja criada a CPI, o requerimento com as assinaturas deve ser lido em uma sessão do Congresso Nacional, a ser convocada.

Leia tudo sobre: cpi da petrobras

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas