“Há pouquíssima chance de absolvição”, diz deputado sobre votações abertas

Por Marcel Frota , iG Brasília | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Para o vice-presidente da Câmara, André Vargas, deve crescer o número de renúncia de parlamentares que enfrentem processos com novo formato de votação

O deputado André Vargas (PT-PR), primeiro vice-presidente da Câmara dos Deputados, afirmou que daqui para frente haverá pouca chance de que deputados que passem por um processo de cassação no plenário seja absolvidos.

Veja como votaram os deputados na cassação de Donadon

Vargas falou a respeito da estreia do voto aberto para os casos de perda de mandato na Câmara. Segundo ele, as questões regimentais nos casos de cassação serão melhor avaliadas. “Chegando a cassação, há pouquíssima chance de absolvição. Até porque, o julgamento muitas vezes toma proporções passionais”, disse o petista.

Vargas concordou que os casos de renúncia poderão aumentar por causa da votação aberta. Ele comentou sobre seus correligionários José Genoino e João Paulo Cunha, que renunciaram ao mandato recentemente para evitar processos de cassação, e disse tratar-se de casos com peculiaridades que os tornam diferentes da situação de Natan Donadon (RO), cassado na noite desta quarta-feira. “Genoino pedia sua aposentadoria e ainda tem o pedido de aposentadoria, uma situação diferenciada. O deputado João Paulo Cunha, foi presidente da Casa, optou por não constranger seus companheiros e a Casa num processo de votação”, disse Vargas.

Perguntado se o voto aberto poria fim ao corporativismo dos parlamentares, Vargas considerou que a medida pode mesmo ameaçar a proteção mútua dos congressistas. “Cada cidadão saberá exatamente como cada deputado votou e quando votar pela absolvição terá de ter seus motivos”, afirmou Vargas. “A explicação pública é sempre importante para o fortalecimento da democracia e para que as pessoas posam ter clareza de como vota cada parlamentar”, acrescentou.

Leia tudo sobre: câmara dos deputadosandré vargasbrasíliadonadon

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas