PT tentará viabilizar 'vaquinha' para pagar multas de Genoino e Cunha

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Emidio de Souza diz que o dinheiro não pode sair dos cofres do partido e arrecadação deve partir da militância

Agência Estado

O presidente estadual do PT-SP, Emidio de Souza, afirmou nesta terça-feira, 7, que o partido vai se mobilizar para ajudar o ex-presidente da sigla e ex-deputado José Genoino e do deputado João Paulo Cunha a pagarem as multas do julgamento do mensalão.

Genoino foi multado em R$ 468 mil; João Paulo, em R$ 370 mil. "É evidente que Genoino não tem condições de pagar. Ele não tem patrimônio nenhum. O João Paulo também não. Vamos ajudar os que precisarem", afirmou Emidio.

Conheça a home do Último Segundo

Filha de Genoino: ‘Eu e minha família não temos como pagar R$ 468 mil’

Nesta segunda, 6, a Vara de Execuções Penais do Distrito Federal determinou que cinco condenados no mensalão, dentre eles Genoino, paguem as quantias devidas em decorrência da condenação em dez dias após serem notificados da decisão. Somadas, os valores chegam a R$ 9,9 milhões.

Além do ex-dirigente petista, terão que pagar as multas em dez dias o empresário Marcos Valério, no multado em R$ 3,06 milhões; seus ex-sócios Ramon Hollerbach e Cristiano Paz, que foram condenados ao pagamento de, respectivamente, R$ 2,79 milhões e R$ 2,53 milhões; e o ex-deputado federal Valdemar Costa Neto (PR-SP), multado em R$ 1,08 milhão.

Justiça determina que Genoino e mais quatro paguem multa por mensalão

Emidio disse que o dinheiro não pode sair dos cofres do partido e que, por isso, vai fazer com que os militantes organizem "uma espécie de vaquinha" para arrecadar o dinheiro. "Não é o partido. O partido não pode. Mas todos nós como militantes vamos arrecadar individualmente para juntar o dinheiro", disse ele.

Família

Miruna, uma das filhas de Genoino, criou um site na internet em que a família também promove uma campanha de arrecadação de fundos para pagar a multa do pai. Na página, Miruna afirma que o petista já vendeu um carro e faz um apelo para não ter que vender a casa na qual o ex-deputado morava na zona oeste de São Paulo.

"Você que conhece o companheiro José Genoino, você que sabe dos equívocos no julgamento da Ação Penal 470, deixe sua contribuição para que José Genoino pague a multa da Ação Pena 470, no valor de R$ 468 mil, e não precise vender a sua casa", diz o site.

Até o dia 11 de novembro de 2013, o site informa que a família já arrecadou mais de R$ 30 mil por meio de transferências, boletos bancários e cartões de crédito.

Leia tudo sobre: mensalãojulgamento do mensalãogenoino

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas