Texto de apresentação da presidente é assinado por Lula e tem como título "A coragem do poder"

A presidente Dilma Rousseff é a segunda citada na lista de líderes ibero-americanos de destaque em 2013 do jornal espanhol El País. Em um texto assinado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma é definida pela palavra “coragem”. “Esta companheira luta desde muito jovem para transformar o Brasil, para melhorar as condições de vida das pessoas mais humildes. Foi perseguida, presa e torturada durante a ditadura, mas nunca abandonou seus ideais”, escreveu Lula.

Conheça a home do Último Segundo


O ex-presidente ressalta que Dilma é a primeira presidente mulher do Brasil, após ocupar postos de destaque, “em uma sociedade acostumada a sempre ver homens em postos de chefia”, e elogia avanços da presidente, tanto no governo atual quanto em sua própria gestão. “Durante o meu governo, ela reorganizou o setor de energia, levando eletricidade a três milhões de lugares em zonas rurais, dirigiu o maior programa de infraestruturas de nossa época, que garantiu o crescimento econômico com inclusão social. Durante o seu governo, o País tirou 36 milhões de pessoas da miséria absoluta”, escreveu.

Dilma está apenas atrás do Papa Francisco na lista de 11 destaques de lideranças da América Latina, Portugal e Espanha. Francisco é apresentado em dois textos, um assinado pelo Chefe de Gabinete de Ministros da Argentina, Jorge Capitanich, e outro pelo brasileiro Leonardo Boff, teólogo da libertação. Também estão na lista Michelle Bachelet, presidente eleita do Chile e José Mujica, presidente do Uruguai.

    Leia tudo sobre: Lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.