Dez fatos que marcaram a política em 2013 e terão impacto nas eleições

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

A aliança de Eduardo Campos (PSB) e Marina Silva (Rede) está entre os acontecimentos que mais movimentaram o ano pré-eleitoral e ainda deve dar o que falar em 2014

A disputa presidencial de 2014 começou já em 2013 e os protagonistas do adiantamento do calendário eleitoral foram o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, e a ex-senadora Marina Silva. O desembarque do presidenciável e presidente do PSB do governo Dilma e a entrada da ex-senadora no partido concentraram todos os holofotes no segundo semestre do ano, formando a autointitulada “terceira via” na corrida presidencial.

Conheça a home do Último Segundo

Além da nova força eleitoral, novos partidos também movimentaram o cenário político, as manifestações de rua tomaram a pauta das velhas e novas siglas, e o ex-governador tucano José Serra decidiu que fica no PSDB, mesmo se tiver de abrir mão da disputa presidencial em favor do senador Aécio Neves (MG), que se tornou presidente nacional do PSDB.

Em resposta às manifestações de junho, Dilma propôs 'cinco pactos'. Foto: ReproduçãoApós desconversar sobre candidatura própria, PSB deixa governo Dilma. Foto: Alan Sampaio / iG BrasíliaCiro e Cid Gomes romperam com o PSB para permanecer com Dilma. Foto: DivulgaçãoPROS e Solidariedade foram os dois novos partidos criados para 2014. Foto: Alan Sampaio / iG BrasíliaSerra ameaçou ir para o PPS e pro PSD, mas ficou mesmo no PSDB. Foto: Futura PressRede Sustentabilidade, aposta de Marina para 2014, teve registro negado. Foto: Alan Sampaio / iG BrasíliaMarina surpreendeu a todos ao se filiar ao PSB para ser vice de Campos. Foto: Pedro França/Futura PressDirceu, Genoino, Valério e outros réus do mensalão se entregam à Polícia Federal. Foto: Futura PressDilma recebe o apoio do PSD de Kassab , ex-aliado tucano, para 2014. Foto: Beto Nociti/Futura PressDenúncias apontaram um cartel para superfaturar contratos do metrô . Foto: Divulgação/Edson Lopes Jr.


Os dez fatos que marcaram a política e terão impacto em 2014

1. Protestos: Dilma convoca governadores para 'grande pacto' pelo Brasil

2. Ex-aliado: PSB de Campos desembarca do governo Dilma

3. Rompimento: Irmãos Gomes discordam de Campos e deixam PSB 

4. Novos partidos: PROS e Solidariedade são criados para disputa em 2014

5. Tucanos: Aécio assume presidência do PSDB. Serra fica no partido

6. Justiça eleitoral: TSE rejeita criação da Rede, partido de Marina

7. Nova aliança: Marina Silva oficializa entrada no PSB de Eduardo Campos

8. Mensalão: Dirceu, Genoino, Valério e outros réus se entregam à PF

9. Novo aliado: Dilma recebe apoio do PSD de Kassab

10. Ninho tucano: Ex-diretor da Siemens envolve seis políticos com cartel

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas