Presidente enfrentou as manifestações de junho, a espionagem dos EUA e o desembarque do PSB. Mas ganhou o apoio do PSD e retomou popularidade

A presidente Dilma Rousseff completa 66 anos neste sábado (14) e passará o aniversário com a família em Porto Alegre. Em retrospectiva, o ano de 2013 não foi fácil para a presidente, mas o saldo foi positivo.

Após as manifestações de junho, quando viu sua popularidade despencar, Dilma veio se recuperando gradativamente e termina 2013, segundo última pesquisa Ibope, com 43% de aprovação de seu governo .

Conheça a nova home do Último Segundo

Leia mais:  Aprovação do governo Dilma cresce para 43%

No cenário internacional, a presidente respondeu duramente às denúncias de espionagem dos Estados Unidos: cobrou explicações do presidente Barack Obama e cancelou sua viagem ao país.

Internamente, Dilma perdeu o aliado PSB, do governador de Pernambuco e presidenciável Eduardo Campos, mas ganhou o PSD do ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab. De olho em 2014, a presidente retomou as redes sociais e voltou ao Twitter com entrevista para a sua sátira virtual Dilma Bolada.


Veja os principais momentos de Dilma em 2013

1. Escapadas:  Dilma confessa que 'anda fugindo' e admite passeio de moto 

2. Pesquisas: Dilma segue recuperando queda em popularidade após protestos

3. Manifestações: Dilma diz que ouve 'voz das ruas' e propõe pactos pelo Brasil

4. Mais Médicos:  Dilma anuncia programa que prevê contratação de estrangeiros

5. Pressionada pelo Congresso:  Dilma passou a se reunir mais com os aliados

6. Espionagem:  Alvo de  dos EUA, Dilma cancela viagem ao país e cobra Obama

7. ONU: Dilma diz que espionagem é 'afronta' e 'fere direito internacional'

8. Governo Dilma: PSB desembarca do governo Dilma por candidatura Campos

9. Twitter:  Dilma reativa perfil em rede social com entrevista para Dilma Bolada

10. Novo aliado:  Dilma recebe apoio do PSD de Kassab

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.