Condenadas no mensalão são transferidas de volta para Belo Horizonte

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Kátia Rabello e Simone Vasconcelos foram condenadas a regime fechado e começaram a cumprir pena em Brasília

Agência Brasil

Frederico Haikal / Wesley Rodrigues/Hoje em Dia / Futura Press
Kátia Rabello e Simone Vasconelos ao se entregar à PF em BH

A ex-presidenta do Banco Rural Kátia Rabello e a ex-funcionária de Marcos Valério Simone Vasconcelos foram transferidas hoje (9) para Belo Horizonte. Condenadas no processo do mensalão, elas estavam presas desde o dia 16 de novembro no Distrito Federal, após terem as prisões decretadas pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa.

Conheça a nova home do Último Segundo

Resultado do laudo 'surpreendeu-me', diz Roberto Jefferson

A transferência foi autorizada por Barbosa na segunda-feira (2), depois de pedido apresentado pela defesa das condenadas. Simone foi condenada a dez anos e dez meses de prisão; e Kátia, a 14 anos e cinco meses de prisão em regime fechado.

Barbosa endureceu critérios para prisão domiciliar de condenados no mensalão

De acordo com a Lei de Execução Penal, os presos podem pedir ao Judiciário para cumprir a pena em penitenciárias em locais próximos à família. Simone e Kátia estavam presas na Penitenciária Feminina da Colmeia, localizada a 40 quilômetros do centro de Brasília.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas