Barbosa manda prender Costa Neto e outros três condenados do mensalão

Por Wilson Lima - iG Brasília | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Os mandados de prisão do deputado, de dois ex-parlamentares e do ex do Rural foram encaminhados à PF

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, determinou nesta quinta-feira (5) a prisão de mais quatro condenados do mensalão: o deputado Valdemar Costa Neto (PR-SP), os ex-deputados Pedro Corrêa (PP-PE) e Bispo Rodrigues (ex-PL, atual PR) e o ex-funcionário do Banco Rural Vinicius Samarane. Os mandados foram encaminhados à Polícia Federal.

Conheça a nova home do Último Segundo

Costa Neto renuncia ao mandato, admite erros e diz que vai se entregar

Joaquim Barbosa agora adota cautela nas prisões do mensalão

Juiz nega prioridade à análise de proposta de trabalho de Dirceu

Com essas prisões, o STF já expediu 16 mandados, sendo que 11 já foram cumpridos, entre eles os do ex-ministro José Dirceu e o do publicitário Marcos Valério, operador do mensalão. Um dos condenados do mensalão está foragido na Itália: o ex-diretor do Banco do Brasil Henrique Pizzolato

Diferentemente do que divulgou anteriormente, a PF corrigiu a informação e, por meio de sua conta no Twitter, disse que ainda não recebeu a autorização para a transferência de Simone Vasconcelos (ex-funcionária de Marcos Valério) e Kátia Rabello (ex-presidente do Banco Rural) para Minas Gerais. As duas, condenadas em regime fechado, estavam cumprindo pena no 19º Batalhão da Polícia Militar, dentro do Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília. 

Leia mais: Deputado já se considera 'espiritualmente' na cadeia

Corrêa está em Brasília e segundo seu advogado, Marcelo Leal, ele vai se entregar assim que for comunicado oficialmente. O político e o ex-deputado Bispo Rodrigues haviam entrado com pedido de habeas corpus preventivo, que foi negado pela ministra Rosa Weber. Costa Neto também está em Brasília e pretende se entregar.

Veja a pena o regime que os quatro condenados vão cumprir:

Valdemar Costa Neto (PR-SP), deputado federal - semiaberto

Condenado a 7 anos e 10 meses e multa de R$ 1,08 milhão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. 

Bispo Rodrigues, ex-deputado (PL, atual PR) - semiaberto

Condenado a 6 anos e 3 meses (regime semiaberto) e multa de R$ 696 mil por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. 

Pedro Corrêa, ex-deputado (PP) - semiaberto

Condenado a 7 anos e 2 meses e multa de R$ 1,13 milhão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. 

Vinícius Samarane, ex-sócio de Valério - fechado

Condenado a 8 anos, 9 meses e 10 dias (regime fechado) e multa de R$ 598 mil por lavagem de dinheiro e gestão fraudulenta. 

Leia tudo sobre: mensalãojulgamento do mensalão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas