STF divulga lista de médicos que vão avaliar saúde de Genoino

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Petista será examinado por Luiz Fernando Junqueira Jr., Cantídio Lima Vieira, Fernando Antibas Atik, Alexandre Visconti Brick e Hilda Maria Benevides da Silva de Arruda

Agência Brasil

O Supremo Tribunal Federal (STF) divulgou hoje (22) a lista com os nomes dos cinco médicos do Hospital Universitário de Brasília (HUB), responsável pela avaliação da saúde do deputado federal José Genoino (PT-SP). O presidente do STF, Joaquim Barbosa, determinou ontem (21) que Genoino seja submetido a uma perícia médica e concedeu prisão domiciliar provisória para que o parlamentar possa fazer tratamento. Barbosa determinou, também, que seja marcado a hora e o local para a perícia.

Conheça a nova home do Último Segundo

Leia tudo sobre o julgamento do mensalão

Reprodução
Imagens de Genoino realizando exames médicos em Brasília

José Genoino passou mal nessa quinta-feira na Penitenciária da Papuda, em Brasília, onde estava preso, e foi transferido para o Instituto de Cardiologia do Distrito Federal (IC-DF), no Hospital das Forças Armadas (HFA).

Leia também:

Imagens de Genoino durante suposta avaliação médica vazam na internet

Genoino passa mal e é levado a hospital com princípio de infarto, diz advogado

Barbosa autoriza prisão domiciliar ou hospitalar de Genoino até perícia médica

Foram indicados os seguintes médicos: Luiz Fernando Junqueira Júnior (professor de cardiologia da Universidade de Brasília e presidente da junta); Cantídio Lima Vieira (cardiologista e especialista em perícia médica); Fernando Antibas Atik (especialista em cirurgia cardiovascular ); Alexandre Visconti Brick (professor de cirurgia cardiovascular) e Hilda Maria Benevides da Silva de Arruda (médica cardiologista do HUB).

O presidente da junta médica, Luiz Fernando Junqueira Júnior, disse que o parlamentar não será avaliado hoje (22). Segundo ele, a definição da data depende da disponibilidade dos outros médicos da junta, mas não descartou que a perícia possa ser feita no fim de semana.

Leia tudo sobre: mensalãojulgamento do mensalãogenoino

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas