Câmara adia análise sobre mandato de Genoino para a próxima semana

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Deputado licenciado entrou com pedido de aposentadoria por invalidez. Petista foi condenado pelo mensalão e cumpre pena na Papuda, no Distrito Federal

A Câmara dos Deputados adiou para a próxima semana a decisão sobre se abre ou não representação contra o deputado licenciado José Genoino (PT-SP), condenado no julgamento do mensalão, e preso desde o fim de semana na Penitenciária da Papuda, no Distrito Federal.

Conheça a nova home do Último Segundo

Leia tudo sobre o julgamento do mensalão

De acordo com o presidente Henrique Eduardo Alves, o adiamento não significa "boa ou má vontade" com o andamento do processo, mas apenas o cumprimento de uma regra regimental. Alves voltou a defender a abertura do processo seguido de encaminhamento do caso à Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) e, depois, análise final do caso pelo Plenário.

Leia mais:

Laudo do IML aponta que Genoino tem ‘doença grave aguda’

Genoino chora e reclama de dor no peito ao rever família

Dilma afirma estar preocupada com a saúde de Genoino

A abertura de um processo pela Câmara contraria a decisão mais recente do Supremo Tribunal Federal (STF) que determinou a cassação imediata de todo parlamentar condenado em última instância.

Invalidez

Há quatro meses, o petista passou por uma cirurgia cardíaca para correção de uma descamação da aorta. Ele está licenciado do cargo de deputado até janeiro, e ainda se submete a tratamento e toma medicação para se recuperar da intervenção cirúrgica.

Genoino aguarda a decisão da junta médica da Câmara sobre seu pedido de aposentadoria por invalidez. Para Alves, a decisão a favor da aposentadoria não implicará na suspensão do processo de cassação de mandato do deputado licenciado, caso seja instaurado.

Leia tudo sobre: mensalãojulgamento do mensalãoGenoino

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas