Publicitário e operador do mensalão foi o oitavo condenado a se entregar; PF recebeu 12 mandados

O publicitário e operador do mensalão Marcos Valério se entregou na sede da Polícia Federal de Belo Horizonte (MG) na noite desta sexta-feira (15). Ele foi o oitavo condenado do mensalão a se entregar nesta sexta-feira, após a Polícia Federal receber 12 mandados de prisão. Depois dele,  Ramon Hollerbach , ex-sócio de Valério, se entregou também em Minas.

O único condenado que não vai se entregar é o ex-diretor do Banco do Brasil Henrique Pizzolato , que, segundo o advogado, está na Itália, onde tentará um novo julgamento. 

Conheça a nova home do Último Segundo

Dirceu, Genoino e outros réus se entregam após mandados de prisão

Diretor da PF acompanhará prisão de condenados no mensalão

Além deles, outros 11 condenados do mensalão também já se apresentaram à PF: o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu , o ex-presidente do PT José Genoino , em São Paulo, o primeiro a se entregar; o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares , ex-tesoureiro do PL Jacinto Lamas , em Brasília; a ex-presidente do Banco Rural Kátia Rabello , a ex-funcionária de Marcos Valério Simone Vasconcelos , o ex-sócio Cristiano Paz,  o ex-deputado Romeu Queiroz e o ex-executivo do Banco Rural José Roberto Salgado .


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.