STJ concede a Rosane Collor pensão de R$ 20 mil por mês durante três anos

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Ex-primeira-dama deverá ficar com dois imóveis do senador e ex-presidente Fernando Collor

Agência Estado

Agência Estado
Ex-primeira-dama Rosane Collor

A ex-primeira-dama Rosane Collor deverá receber por mais três anos uma pensão de cerca de R$ 20 mil mensais paga pelo ex-presidente e senador Fernando Collor de Mello (PTB-AL).

Conheça a nova home do Último Segundo

Separada, ex-primeira-dama vira evangélica e, aos 47, decide trabalhar

Os ministros da 4ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiram reformar decisão do Judiciário de Alagoas que tinha garantido à ex-mulher de Collor o direito de receber por tempo indeterminado pensão alimentícia equivalente a 30 salários mínimos.

Veja especial do iG sobre os 20 anos do impeachment de Collor

Conforme a maioria dos ministros do STJ, o prazo de três anos é suficiente para que Roseane retome suas atividades profissionais. Além da pensão, ela ficará com dois imóveis

Leia tudo sobre: fernando collorrosane collorstj

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas