Serra diz que gostaria de ser presidente: ‘Eu me acho preparado’

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Ex-governador tucano disse que não é uma escolha pessoal e que vai aguardar; lideranças do PSDB apoiam o senador Aécio Neves, presidente da sigla

O ex-governador de São Paulo José Serra afirmou nesta quinta-feira (24) em entrevista em Salvador que gostaria de ser presidente da República e que estaria preparado para o desafio. O tucano tem viajado pelo País e mantém articulação nos bastidores, mas hoje quem tem apoio de lideranças do PSDB para disputar em 2014 é o senador Aécio Neves, presidente nacional da sigla.

Conheça a nova home do Último Segundo

Ibope: Dilma tem 41% e venceria no 1º turno

Leia mais: 'A fila anda', diz governador tucano ao falar da candidatura Serra

“Eu gostaria. Eu me acho preparado para isso e saberia como me desempenhar. Mas isso não é uma escolha pessoal, é uma escolha da população, das circunstâncias. E as circunstâncias estão dadas. Teremos novas. De maneira que vamos aguardar e vamos continuar trabalhando, discutindo, e é o que eu tenho feito”, afirmou à rádio Tudo FM da capital baiana.

Poder Online:

Serra e Aécio travam disputa silenciosa no interior de São Paulo

José Serra agora só anda de bom humor

Nos bastidores, Serra mantém articulação intensa por candidatura presidencial

Serra também criticou a antecipação do debate eleitoral. “É tudo prematuro. E umas das consequências foi essa surpresa do fenômeno de juntar a futura Rede, da Marina [Silva], com o PSB, partido do governador Eduardo Campos”, disse.

O tucano também voltou a criticar a presidente Dilma Rousseff. “A [presidente] Dilma passou dois anos perplexa com a herança que recebeu do próprio governo Lula, do qual ela participou (...) Governar que é bom não aconteceu”, afirmou o ex-governador.

Leia tudo sobre: josé serraeleições 2014psdb

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas