Único cenário em que a disputa poderia ir ao 2º turno seria com Marina e Serra no páreo, diz pesquisa Ibope

A presidente Dilma Rousseff teria 41% das intenções de voto e venceria no primeiro turno se a eleição fosse hoje, segundo pesquisa Ibope em parceria com o jornal O Estado de S.Paulo e divulgada nesta quinta-feira (24). O cenário muda pouco se a ex-senadora Marina Silva entra no lugar do governador de Pernambuco, Eduardo Campos. Os dois anunciaram aliança no início do mês .

Conheça a nova home do Último Segundo

Leia mais: Governo Dilma é aprovado por 38% da população, diz Ibope

Serra diz que gostaria de ser presidente: ‘Eu me acho preparado’

Início do mês: Marina Silva oficializa entrada no PSB de Eduardo Campos

Se as eleições fossem hoje, Dilma venceria no primeiro turno em três dos quatro cenários
Agência Brasil
Se as eleições fossem hoje, Dilma venceria no primeiro turno em três dos quatro cenários

Em três dos quatro cenários propostos, Dilma tem entre 39% e 41% das intenções de voto, porcentagem que supera a soma dos adversários. O único cenário em que isso não acontece é quando Marina e Serra estão no páreo. Neste caso, a situação é de empate técnico. 

2014: Dilma e Campos podem dividir palanques estaduais

Datafolha: Dilma venceria Aécio e Eduardo Campos no primeiro turno

Levando em conta o cenário mais provável para 2014, Dilma contra Aécio Neves e Campos, a presidente teria 41%; o senador, 14%; e o governador de Pernambuco, 10%. Marina, no lugar de Campos na disputa, teria o dobro de votos dele e chegaria a 21%. Dilma, no entanto, oscilaria de 41% para 39% e o mesmo aconteceria com Aécio, de 14% para 13%.

O Ibope ouviu 2.002 eleitores em 143 municípios entre os dias 17 e 21 de outubro. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.