Impedidos de entrar no prédio, eles deixaram as pizzas com os nomes dos réus no chão e as caixas foram recolhidas pelos seguranças

Dois manifestantes deixaram nesta quinta-feira (19) 37 pizzas na portaria do Supremo Tribunal Federal (STF) para protestar contra a decisão que reabriu o julgamento de 12 réus condenados no julgamento do mensalão . Os dois se identificaram apenas como Ana e Tarso e disseram ser do Movimento Novo Brasil.

Sorteio: Fux será o relator dos embargos infringentes

STF: Recurso aumenta chances de petistas se livrarem de regime fechado

Defesa: Para a dvogados, decisão do STF é respeito ao direito de defesa


Infringentes: STF dobra prazo para réus apresentarem recurso

Exclusivo ao iG: "A função do Supremo não é política. É institucional jurídica"

Mensalão: Entenda como os embargos infringentes podem beneficiar os réus

O protesto foi pacífico, sem incidentes. Os dois manifestantes foram impedidos por seguranças do Supremo de entrar no prédio com as pizzas. Assim, identificaram as 37 caixas com os nomes dos réus e colocaram no chão. As caixas foram recolhidas pelos seguranças. Os ministros não viram o protesto, pois estavam em sessão de julgamento.

Com Agência Brasil

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.