José Genoino pede aposentadoria à Câmara por invalidez

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Pedido será avaliado por uma junta médica da Casa; o petista, condenado no julgamento do mensalão, foi submetido a uma cirurgia no coração no final de junho

Agência Estado

O deputado federal José Genoino (PT-SP) pediu à Câmara aposentadoria por invalidez. A solicitação deverá ser avaliada por uma junta médica da Casa que ainda não tem prazo para dar um laudo definitivo sobre o caso.

O pedido foi encaminhado na quarta-feira (4) ao Departamento Pessoal da Câmara. Caso a junta médica conceda a aposentadoria, o petista deverá receber integralmente o atual salário de R$ 26.723,13.

Agência Câmara
STF rejeitou todos os embargos de Genoino, condenado a 6 anos e 11 meses de prisão

No final de junho, Genoino foi internado em São Paulo no hospital Sírio Libanês onde foi submetido a uma cirurgia para correção de dissecção da aorta.

Réu do julgamento do mensalão na quarta-feira, 28, o Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou os embargos de declaração apresentados por Genoino no processo.

Presidente do PT na época do esquema do mensalão, Genoino foi condenado a 6 anos e 11 meses de prisão mais o pagamento de multa (R$ 468 mil) por formação de quadrilha e corrupção ativa.

De acordo com o Ministério Público, o petista participou das negociações com os partidos aliados e com bancos que alimentavam o "valerioduto" e orientou a distribuição do dinheiro do esquema.

Leia tudo sobre: josé genoinoaposentadoriacâmaramensalãostfmaislidas

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas