Presidente esteve no hospital Sírio-Libanês nesta quinta (29). Dilma segue hoje ao Suriname para reunião da Unasul

Agência Brasil

A presidente Dilma Rousseff aproveitou a agenda de quinta-feira (29) em Campinas (SP) e, antes de retornar a Brasília, foi ao Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde fez exames de rotina, informou a Secretaria de Comunicação da Presidência. Foi no Sírio-Libanês que Dilma fez tratamento para combater um câncer no sistema linfático, diagnosticado no início de 2009.

Agenda: Dilma participa de cúpula da Unasul e se reúne com Evo Morales

Presidente Dilma Rousseff durante discurso
Rocha Lobo/Futura Press
Presidente Dilma Rousseff durante discurso

Com a decisão de ir ao hospital, a chegada da presidente a Brasília, que estava prevista para as 18h, acabou ocorrendo somente às 21h40. Hoje, às 8h45, Dilma embarcou para Paramaribo , capital do Suriname, onde participa da reunião de cúpula da União de Nações Sul-Americanas (Unasul).

Ela vai desembarcar às 12h e ir direto para o almoço em homenagem aos chefes de Estado e de Governo oferecido pelo presidente do Suriname, Desiré Bouterse.

Na ocasião, Dilma terá um encontro com o presidente da Bolívia , Evo Morales, para tratar da fuga do senador boliviano Roger Pinto Molina da embaixada brasileira em La Paz. Nessa quarta-feira (28), Morales disse que o governo brasileiro deveria mandar de volta o senador para que responda às acusações de corrupção que pesam contra ele na Justiça boliviana.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.