Amir Lando toma posse no lugar do deputado Donadon, que voltou à prisão

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Ao assumir, político que teve destaque na CPI do Collor fala em ‘mais transparência’; por falta de votos, Câmara livrou Donadon da cassação, mas Alves determinou o afastamento do parlamentar

A Câmara dos Deputados deu posse na tarde desta quinta-feira (29) ao ex-senador Amir Lando (PMDB-RO), que ficou com a vaga do deputado Natan Donadon (sem partido-RO), preso há dois meses na Penitenciária da Papuda, no Distrito Federal, após ser condenado pelo no Supremo Tribunal Federal (STF) por desvios de dinheiro público. Na noite de ontem (28), o plenário da Câmara não conseguiu votos suficientes para cassar o mandato de Donadon, que apenas foi afastado do cargo.

Leia mais: Câmara absolve Donadon do processo de cassação do mandato

Poder Online: Donadon diz que tomou banho frio na prisão

Leia mais: Deputado condenado comanda gabinete de dentro de presídio

Ao assumir a vaga, Lando, que já foi ministro e teve papel de destaque na CPI do Collor, defendeu "mais transparência" na Casa e a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) do Voto Aberto. "Na votação de ontem (28), ficou uma lição: voto secreto nunca mais", defendeu o suplente de Donadon, que acompanhou a sessão pela televisão. Votaram pela cassação 233 deputados, 131 foram contrários e 41 não compareceram. Para cassar o mandato, eram necessários 257 votos.

Agência Brasil
Amir Lando assume como suplente na vaga de Donadon, que manteve o mandato, mas está preso


Após Donadon se livrar da cassação e retornar à prisão, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), determinou a convocação do suplente imediato para assumir o mandato parlamentar, em caráter de substituição, pelo tempo que durar o impedimento do titular. Alves justificou a convocação do suplente dizendo que a representação da Câmara não pode ficar desfalcada indefinidamente, assim como a sociedade e o Estado de Rondônia não podem ficar privados de um de seus representantes. Rondônia tem oito deputados federais.

Leia mais: Deputado Donadon é preso e levado para penitenciária de Brasília

Mandato: Para evitar embate com o STF, Câmara deve cassar Donadon

Em Rondônia: Irmão do deputado Donadon é preso em Porto Velho

Donadon foi condenado pelo STF a mais de 13 anos de prisão pelos crimes de peculato e formação de quadrilha. A condenação foi pelo desvio de R$ 8,4 milhões da Assembleia Legislativa de Rondônia à época em que ele era diretor financeiro da Casa. No início de julho, Donadon deixou de receber o salário de deputado e os funcionários do seu gabinete foram demitidos.

Com Agência Brasil e Agência Estado

Leia tudo sobre: donadoncâmaracassaçãoamir lando

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas