Pela 2ª semana, internauta não escolhe ninguém entre poderosos de série do iG

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Em enquete, a opção ‘nenhum’ obteve a maioria dos votos: mais de 16 mil; Luiza Trajano, da rede Magazine Luiza, veio bem atrás na 2ª colocação, com pouco mais de mil votos

Os internautas mais uma vez não escolheram nenhuma das cinco personalidades selecionadas pelo iG na segunda semana da série especial que elege os 60 mais poderosos do País. Em enquete realizada entre sábado (10) e domingo (11) com a pergunta ‘Qual destes poderosos você mais admira’, a opção ‘nenhum’ obteve a maioria dos votos: 16.383.

Luiza Trajano, da rede Magazine Luiza e 51ª colocada no ranking do iG, apareceu em segundo lugar na enquete, porém com votação bem menor: 1.049 votos. Na segunda semana da série, além do perfil de Luiza, foram divulgados os do deputado e líder do PMDB na Câmara, Eduardo Cunha (55ª colocação); do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo (54º); de João Santana (53º), publicitário e marqueteiro do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da presidente Dilma Rousseff; de Carlos Sanchez (52º), empresário do setor farmacêutico.

Reprodução
Enquete do iG: os 60 mais poderosos

A enquete proposta pelo iG usa a ferramenta Realtime, que promove uma interação completa e em tempo real entre todos os usuários do portal. Atrás de Luiza Trajano, vem o ministro Cardozo, em terceiro lugar, com 773 votos, à frente do empresário Sanchez (107 votos), do deputado Cunha (102 votos) e do publicitário Santana (102 votos).

Na primeira semana da série especial sobre os mais poderosos foram divulgados os nomes do 60º colocado, o empresário Eike Batista, do 59º, o consultor Vicente Falconi, do 58º, o deputado federal Jean Wyllys, do 57º, o ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab; e do 56º, o governador do Ceará, Cid Gomes. E a enquete apresentou o mesmo resultado, nenhuma das personalidades ganhou a admiração dos leitores.

Metodologia

O ranking do iG foi elaborado a partir de quatro indicadores: as zonas de poder econômico, político, midiático e social. Somados, esses índices radiografam quem são, o que fazem e como fazem os principais artífices da política e da economia brasileira. Com eles, o internauta estará melhor informado sobre a capacidade de influência de grandes personagens da República. O ranking tem a presença de políticos, autoridades de governo e do Judiciário, empresários e economistas.

Nomes que, com sua tomada de decisão, suas declarações e atitudes públicas e privadas, geram notícia, despertam admiração, crítica, aplauso ou desprezo. Eles ganharão perfis elaborados, que serão publicados a cada dia a partir do início da série. O iG publicará um perfil por dia, de segunda a sexta, até chegar ao número 1. Os leitores só serão informados de todo o ranking no último dia da série, com a publicação do perfil do nome mais poderoso do País. São textos produzidos com a marca de excelência do iG: bem informados, inventivos, criativos, instigantes.

Leia tudo sobre: 60 mais poderosossérie do igenquete

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas