Lula passa por exames no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Médicos vão conceder uma coletiva sobre estado de saúde do ex-presidente, que teve câncer na laringe em 2011

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está fazendo neste sábado (10) exames de rotina no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

Recentemente, surgiram boatos sobre a volta da doença do ex-presidente, os quais Lula negou veementemente. Uma entrevista coletiva com os médicos do ex-presidente está marcada para as 13h.

Doença: Lula nega boatos sobre volta de câncer

Gabriela Bilo/Futura Press
Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participa de Conferência Nacional "2003/2013 - Uma nova política externa", na Universidade Federal do ABC (UFABC)

Em abril: Lula passa por novos exames e não há indícios de câncer

Na última vez em que o ex-presidente Lula esteve no hospital, em 2 de abril, exames mostraram que seu estado de saúde era bom, “sem qualquer evidência de doença”, segundo boletim médico divulgado.

Na ocasião, Lula foi submetido a uma laringoscopia e a um exame chamado PET/CT (sigla em inglês para Tomografia por Emissão de Positrons, em tradução livre), capaz de detectar qualquer anormalidade no corpo do paciente.

O ex presidente teve um câncer na laringe, detectado em 2011, e encerrou em fevereiro do ano seguinte o tratamento contra a doença.

Na noite desta sexta-feira (9), Lula participou de evento do PT em Bauru (SP) e disse que precisa provar que não vai morrer "com a pressa que eles desejam", em referência aos exames desta manhã. "Andaram inventando que meu câncer voltou", criticou o ex-presidente

Em julho, Lula chamou de "mentiras" os boatos de que realiza tratamentos contra o câncer durante a madrugada para esconder da população e explicou que faz exames de rotina a cada quatro meses.

"Vou fazer um exame em agosto. Se eu tiver (câncer), eu serei o primeiro a falar para a imprensa", afirmou, em julho.

Com Agência Brasil e Agência Estado

Leia tudo sobre: lulacâncerlaringecâncer de lulasaúdesírio libanêsigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas