Dilma cai 28 pontos e tem menos chance de vencer em 2014 do que Lula, diz Ibope

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Dilma fica com 30% das intenções de voto e Lula com 41% contra os mesmos quatro adversários, segundo pesquisa

Uma nova pesquisa de intenção de voto sobre as eleições de 2014, divulgada nesta quinta-feira (18), mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem mais chances de vencer a disputa presidencial do que a presidente Dilma Rousseff, que caiu 28 pontos em relação a ultima sondagem. De acordo com pesquisa encomendada pelo jornal O Estado de São Paulo junto ao Ibope, Dilma tem 30% das intenções de voto e Lula 41% contra os mesmos quatro adversários.

Leia também:
Ex-presidente nega boatos sobre volta de câncer na laringe
Lula elogia Dilma e diz que presidente não está de passagem

Roberto Stuckert Filho/PR
Ambos, Dilma e Lula, venceriam os principais adversários

Na primeira sondagem, sem Lula, Dilma aparece com 30%, ante os 58% que tinha em março, contra 22% de Marina Silva (sem partido), 13% de Aécio Neves (PSDB) e 5% de Eduardo Campos (PSB). Mas, em um cenário com o ex-presidente no lugar de sua sucessora, Lula alcança 41% e os adversários, respectivamente, 18%, 12% e 3%.

Se incluído na disputa o nome do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, Dilma fica com 29% das intenções de voto, contra 21% de Marina, 12% de Aécio, 6% do próprio Barbosa e 5% de Eduardo Campos. Neste caso, Lula também sairia melhor que a presidente. Ele cai para 39%, Marina para 17%, Aécio permanece com 12%, Barbosa fica com 6%, e Campos também cai para 3%.

A pesquisa Ibope/Estado foi feita entre os dias 11 e 14 de julho. Foram entrevistados 2.002 brasileiros de 16 anos ou mais de idade em 140 municípios de todas as regiões do Brasil. A margem de erro máxima é de 2%, para mais ou para menos, em um intervalo de confiança de 95%. Isso significa que se a mesma pesquisa fosse feita simultaneamente 100 vezes, em 95 delas os resultados deveriam ficar dentro da margem.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas