Câmara adia para esta quarta-feira votação de royalties do petróleo

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Presidente Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) convocou uma sessão extraordinária para as 9h30 desta quarta-feira

Agência Estado

O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), encerrou nos últimos minutos da noite desta terça-feira (9), a sessão em Plenário e deixou a votação do projeto que destina os royalties para a educação e para a saúde para esta quarta-feira (10).

Leia também: Royalties para educação e saúde voltam à Câmara, agora com apoio do Planalto

Antes, no entanto, o Plenário precisará analisar a Medida Provisória 610, que amplia o valor do Benefício Garantia-Safra para a safra de 2011/2012. O parecer dessa matéria foi aprovado ontem por uma comissão mista e a MP passa a trancar a pauta da Casa a partir de hoje.

Veja mais: Senado aprova alterações em projeto que destina royalties para educação e saúde

O presidente da Casa convocou uma sessão extraordinária para as 9h30 para analisar a matéria. Além do benefício Garantia-Safra, o relator da medida, senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), incorporou a seu parecer partes do conteúdo da MP 601, que desonera setores da construção civil e do comércio varejista, que já perdeu a validade.

Leia tudo sobre: royalties do petróleosaúdeeducação

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas