Após protestos, deputado do PSDB que criou projeto da 'cura gay' retira proposta

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Retirada da proposição terá de ser aprovada pelo plenário já que foi aprovada na Comissão de Direitos Humanos

Agência Estado

Agência Câmara
"Quando o partido se manifestou contra, inviabilizou o projeto", explica João Campos (PSDB-GO)

O deputado João Campos (PSDB-GO) disse nesta terça-feira (2) que seu projeto, conhecido como "cura gay", foi inviabilizado por falta de apoio de seu partido e por isso ele decidiu retirá-lo de tramitação. "Foi por uma questão do partido. Quando o partido se manifestou contra, inviabilizou o projeto", explicou.

Leia também:
'Estou defendendo os homossexuais', diz relator da ‘cura gay’
São Paulo tem protesto contra Feliciano e projeto da 'cura gay'

Como o projeto já teve parecer favorável da Comissão de Direitos Humanos e Minorias, presidida pelo Pastor Marco Feliciano (PSC-SP), a retirada da proposição terá de ser aprovada pelo plenário da Câmara. 

Feliciano agora diz que não existe 'cura gay'

Se não for aprovada a retirada, a tendência é que o projeto seja derrotado pelos deputados na votação, uma vez que a "cura gay" se transformou em uma das principais bandeiras das manifestações das últimas semanas.



Leia tudo sobre: POLÍTICAcura gayMarco FelicianopastorpolêmicaprotestoIgayiGay

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas