Renan diz que declarações de Barbosa não ajudam fortalecimento dos Poderes

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Para presidente do Senado, o presidente do STF Joaquim Barbosa não falou como 'chefe de um Poder', mas como professor ao criticar o Congresso

Agência Brasil

Elza Fiúza/ ABr
O presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça, ministro Joaquim Barbosa

Um dia depois de o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, dizer que o Congresso “é inteiramente dominado pelo Poder Executivo”, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), rebateu as declarações do ministro, feitas a estudantes de direito de uma faculdade em Brasília.

Entenda: Barbosa diz que Executivo domina o Congresso e irrita Alves

Poder Online: ‘Pergunta de jornalista, não’, avisa Joaquim Barbosa

Segundo Renan, as considerações postas pelo presidente do STF “não contribuem para o fortalecimento das instituições brasileiras”. O senador acrescentou que, “com certeza, ele [Joaquim Barbosa] não falou como o chefe de um Poder. Ali, foi o professor quem falou”.

Diante da repercussão do assunto, a Secretaria de Comunicação do STF divulgou nota na qual qualificou as colocações de Joaquim Barbosa como um “exercício intelectual feito em um ambiente acadêmico”. Ainda de acordo com a assessoria do STF, não houve qualquer intenção do presidente da Suprema Corte de criticar o Legislativo ou os parlamentares.

Leia tudo sobre: CongressoJoaquim Barbosa

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas