Dilma anuncia Afif Domingos como ministro da Micro e Pequena Empresa

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Vice-governador de São Paulo, Afif é do PSD, partido do ex-prefeito Gilberto Kassab

AE
Guilherme Afif Domingos vai assumir a Secretaria da Micro e Pequena Empresa

O vice-governador de São Paulo, Guilherme Afif Domingos, foi anunciado nesta segunda-feira titular da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, com status de ministério, informou a Presidência da República. A posse do novo ministro será na quinta-feira (9), às 10h.

Poder Online: 

Até encontro com Dilma, Afif não tocou no tema ministério com Alckmin

Planalto confirma convite de Dilma a Afif para o ministério

Em nota, a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República informa que o novo ministério “vai formular políticas de apoio às micro e pequenas empresas, segmento fundamental para a geração de empregos e o desenvolvimento da economia brasileira”.

Dilma desejou sucesso a Afif e “manifestou sua confiança no desempenho do novo ministro à frente da pasta”, segundo o texto.

Relembre: ‘Não queremos espaço no governo’, diz Kassab a Dilma 

Com 69 anos, vice-governador de São Paulo, filiado ao PSD, Afif foi deputado federal Constituinte, ex-presidente do Conselho do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e por duas vezes presidente da Associação Comercial de São Paulo.

Afif é do PSD e assumirá o cargo na chamada "cota pessoal" de Dilma, já que o partido do ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab decidiu não integrar formalmente o governo. Mesmo assim, a tendência do PSD é apoiar a reeleição de Dilma, no ano que vem. 

A Secretaria da Micro e Pequena Empresa é o 39º ministério de Dilma e terá impacto orçamentário de R$ 7,9 milhões por ano. A pasta contará com 66 cargos em comissão. A nova pasta, que atuará na coordenação e articulação de políticas e programas para empresas irá incorporar algumas funções dos Ministérios do Trabalho e do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior que estavam relacionadas às empresas de pequeno porte.

Com Reuters e Agência Brasil

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas