Congresso suspende promulgação da PEC que cria tribunais regionais federais

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Renan Calheiros disse que emenda está sob avaliação de técnicos, após a alegação de 'erro material' no texto

Agência Brasil

O presidente do Congresso, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), suspendeu a promulgação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 544/02 que cria quatro tribunais regionais federais (TRFs): da 6ª, 7ª, 8ª e 9ª regiões. Ele destacou que a proposta está sob avaliação de técnicos do Poder Legislativo, uma vez que foi alegada a existência de “erro material” no projeto.

Reação: Presidentes de TRFs rejeitam novos tribunais e apoiam Barbosa

Reunião tensa: A juízes, Barbosa critica criação 'sorrateira' de novos tribunais

Calheiros não detalhou quais seriam esses erros e disse que caberá à Mesa Diretora do Congresso decidir sobre a questão. Além disso, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, encaminhou ofícios ao presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, e ao próprio Renan Calheiros, mostrando-se preocupado com o aumento do número de TRFs.

Exclusivo: Nova estrutura da Justiça Federal pode custar R$ 923 milhões

Leia mais: Novos tribunais contratarão 2,7 mil servidores

“O volume crescente de demandas distribuídas ao Judiciário Federal e a necessidade de entrega célere da prestação jurisdicional não são premissas que levam à conclusão de que a criação de novos tribunais regionais federais seja a única solução para esses problemas”, destacou Barbosa no ofício.

O Brasil tem atualmente cinco TRFs. Uma alternativa para a questão, segundo Barbosa, que também preside o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), seria a instalação de câmaras regionais ligadas aos TRFs em funcionamento. A seu ver, essas câmaras descentralizariam a Justiça Federal sem os custos de implantação de novos tribunais regionais.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas