Empresas de Maluf devem devolver R$ 56 milhões a SP, decide Justiça de Jersey

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Recursos da defesa foram negados pela Corte da ilha britânica. Valor refere-se ao esquema de fraudes de 1997 a 1998

Agência Brasil

Futura Press
Empresas de Paulo Maluf terão de devolver cerca de R$ 56 milhões a São Paulo

A Corte de Apelação de Jersey (ilha britânica) negou hoje (11) dois recursos interpostos por empresas do ex-prefeito e deputado federal Paulo Maluf (PP-SP), segundo nota divulgada pela prefeitura paulistana. Os defensores das companhias recorreram contra a decisão da Corte Real de Jersey, que determinou a devolução de US$ 28,3 milhões à prefeitura de São Paulo. O montante (atualizado e com juros) refere-se aos valores desviados em um esquema de fraudes de 1997 a 1998.

Leia também: Justiça de São Paulo bloqueia R$ 520 millhões de empresa de Maluf

Poder Online: Maluf fica sem resposta ao ser perguntado sobre bloqueio da Eucatex

Segundo a sentença, o dinheiro foi enviado ao exterior por Flávio Maluf, filho do parlamentar, por ordem do pai. As empresas podem, de acordo com a prefeitura, recorrer a duas instâncias superiores do sistema de Justiça dos territórios ultramarinos do Reino Unido e da Coroa Britânica.

Na ação, a prefeitura argumentou que o dinheiro, que está em contas no exterior de empresas da família Maluf, veio de propinas pagas em um esquema de fraudes para desvio de recursos durante a construção da Avenida Água Espraiada (atual Avenida Jornalista Roberto Marinho).

Leia mais:

Maluf terá de devolver US$ 28 milhões à Prefeitura de São Paulo

Haddad congela 98% da verba de secretaria do PP de Maluf

STF investiga caixa 2 na reeleição de Maluf em 2010

No Brasil, Paulo Maluf responde, junto com mais dez réus, a uma ação penal no Supremo Tribunal Federal (STF) por lavagem de dinheiro referente ao mesmo caso. O Ministério Público diz que a obra foi superfaturada, com custo final de R$ 796 milhões, e que boa parte do dinheiro foi enviada ao exterior por meio de doleiros.

Leia tudo sobre: paulo malufigspjerseyjustiça

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas