Feliciano espera 'reconhecimento' de Caetano por hospital na Bahia

Por Nivaldo Souza , iG Brasília |

compartilhe

Tamanho do texto

Ao iG, presidente da Comissão de Direitos Humanos diz confiar que cantor manifeste apoio por decisão tomada pelo governo dias após a Comissão de Direitos Humanos tratar do tema

O deputado Pastor Marco Feliciano (PSC-SP) está confiante de que irá receber um afago público do cantor Caetano Veloso, que em entrevista a jornais da Bahia disse que seria favorável à manutenção dele na presidência da Comissão de Direitos Humanos caso a luta de cerca de mil mineiros contaminados por chumbo em Santo Amaro da Purificação, cidade natal do cantor, ganhasse o Congresso Nacional. "Eu gostaria que ele viesse a público agora", diz Feliciano ao iG.

Vídeos de Feliciano:

Feliciano atribui sucesso de Caetano ao diabo

Feliciano diz que Deus ‘matou’ John Lennon e Mamonas Assassinas

Feliciano ao iG: 'Nunca perdi o controle da comissão'

Leia mais: Presidente da Câmara cobra ‘comportamento decente’ de Feliciano

Agência Câmara
Feliciano fechou novamente nesta quarta (10) a reunião da Comissão de Direitos Humanos após protesto de manifestantes

O "reconhecimento", segundo o deputado, deveria vir após decisão do Ministério da Saúde de criar um hospital especial para tratar os mineiros contaminados. A decisão foi tomada pelo governo federal dias após audiência pública da Comissão de Direitos Humanos, tratando do tema. "Realizamos uma única audiência pública até agora, justamente sobre esse tema, e o hospital foi anunciado", afirma o deputado, que comemora a decisão como uma vitória sua à frente da comissão.

Caetano havia dito que "se a Comissão fizer algo útil e justo (pelos mineiros), mesmo sob Feliciano, aplaudirei. "O que não quer dizer que aplaudo a escolha do seu presidente", ressaltou.

Agora, de acordo com Feliciano, decisões judiciais favoráveis à concessão de aposentadorias ao mineiros também estão saindo depois da audiência. O debate público foi realizado há duas semanas em meio a protestos de manifestantes contrários a permanência do pastor e líder da igreja evangélica Assembleia de Deus Catedral do Avivamento no comando da comissão.

Feliciano afirma que o requerimento de audiência publica esperou três anos para ser aprovado na comissão.

Letícia Sabatella: 'Feliciano é uma bênção de Deus. É um mal que vem para o bem'

Leia também: Ministra publica moção de repúdio contra Feliciano

Vídeo: Feliciano diz que Comissão de Direitos Humanos era dominada por ‘satanás’

Reunião fechada: 'Me sinto realizado. Democracia é isso', diz Feliciano

Caetano pede renúncia

Apesar da disposição de Feliciano em receber apoio de Caetano Veloso, o cantor se manifestou hoje pela saída do deputado do comando da comissão.

Após a circulação de um vídeo no qual o pastor credita o sucesso do cantor ao diabo, Caetano usou sua conta no Twitter para se opor a Feliciano.

Caetano postou em sua conta no microblog as hashtags #Absurdo e #ForaFeliciano.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas