César Borges assumirá o Ministério dos Transportes

Por Nivaldo Souza , iG Brasília |

compartilhe

Tamanho do texto

Atual vice-presidente do BB e ex-governador da Bahia é nome da cota pessoal de Dilma e, embora divida base do PR na Câmara, agrada a executiva do partido

Agência Brasil
Ex-governador da Bahia César Borges deixa a vice-presidência do BB para assumir o Ministério dos Transportes

O ex-governador da Bahia, ex-senador e atual vice-presidente do Banco do Brasil César Borges (PR) substituirá Paulo Sérgio Passos no comando do Ministério dos Transportes. Embora seja um nome da da cota pessoal da presidente Dilma Rousseff, o que desagrada um pouco alguns integrantes do PR na Câmara, que queriam um deputado como ministro, a executiva nacional da legenda não fez restrições a Borges. "O importante é o Ministério ficar com o partido", afirmou um dos líderes nacionais da legenda ao iG.

A avaliação é de que Transportes volta, agora, para um quadro político do partido. Borges é presidente do PR na Bahia. Passos era contestado pelas lideranças por ser membro de um quadro técnico da legenda. A Secretaria de Comunicação Social não informou a data da posse do novo ministro.

39º ministério: Criação da pasta da Micro e Pequena Empresa é publicada no DO

Leia mais: Dilma troca ministros de Agricultura, Trabalho e Aviação Civil

A presidente começou a reforma ministerial no mês passado, com a troca de comando nos ministérios da Agricultura e do Trabalho e nas secretarias de Aviação Civil e de Assuntos Estratégicos. O deputado federal Antônio Andrade (PMDB-MG) substituiu Mendes Ribeiro à frente do Ministério da Agricultura. O secretário-geral do PDT, Manoel Dias , ficou no lugar do de Brizola Neto no Trabalho, e o peemedebista Moreira Franco trocou a Secretaria de Assuntos Estratégicos e assumiu a Secretaria de Aviação Civil.

Leia mais:

Sem assumir candidatura, Eduardo Campos já costura apoios para 2014

Para 2014, Eduardo Campos mira na base de Aécio Neves

'Desculpe se eu fui agressivo. Eu te amo', diz Lupi a Dilma

A Presidência anunciou, em nota, a troca de Paulo Sérgio Passos por César Borges e afirmou que o primeiro deixa o cargo "depois de prestar grande contribuição ao governo e ao país”. Dilma agradeceu ainda a dedicação do então ministro e desejou boa sorte a Borges, que “dará continuidade aos projetos essenciais ao desenvolvimento do país com a mesma eficiência que demonstrou no Banco do Brasil”.

Todas as mudanças ministeriais feitas pela presidente nesta sexta-feira e as que ainda virão têm como principal objetivo assegurar o apoio dos aliados para sua reeleição em 2014.

Leia abaixo a íntegra da nota: 

O ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, está deixando o cargo depois de prestar grande contribuição ao governo e ao país. No ministério, Paulo Sérgio coordenou importantes ações para dar mais eficiência ao sistema brasileiro de transportes. Assumirá a pasta o ex-senador e atual vice-presidente do Banco do Brasil, César Borges.

A presidenta Dilma Rousseff agradeceu a dedicação, o empenho e o espírito público de Paulo Sérgio Passos em todas as missões que lhe foram confiadas. A presidenta desejou boa sorte a César Borges, manifestando confiança de que, à frente do Ministério dos Transportes, ele dará continuidade aos projetos essenciais ao desenvolvimento do país com a mesma eficiência que demonstrou no Banco do Brasil.

Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República

Leia tudo sobre: césar borgesministério dos transportespr

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas