Feliciano vai interceder por corintianos na Bolívia

Por iG Brasília | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Presidente da Comissão de Diretos Humanos, que é corintiano, irá ao país vizinho na próxima semana para acompanhar os 12 brasileiros presos após morte de adolescente

Alan Sampaio / iG Brasília
O Pastor Marco Feliciano (PSC-SP)

O presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias, Pastor Marco Feliciano (PSC-SP), integrará uma comitiva que desembarca na Bolívia entre a sexta-feira e o sábado da próxima semana para acompanhar a situação de 12 torcedores do Corinthians presos em La Paz, capital do país vizinho.

Protestos: Feliciano preside por apenas 8 minutos mais uma sessão tumultuada

Poder Online: Bolsonaro solta língua e xinga manifestantes; assista

O Pastor, que é corintiano, vai averiguar as condições da prisão onde os brasileiros estão desde a morte do adolescente Kevin Espada, durante jogo do clube brasileiro contra o boliviano San José, em fevereiro. O objetivo é tentar transferir os presos para um presídio com melhores condições na Bolívia, ou mesmo para uma prisão no Brasil. 

Com o gesto, Feliciano reafirma suas declarações de que não pretende deixar a presidência da Comissão de Direitos Humanos, pelo menos não nos próximos dias. A aprovação para que a Comissão averigue a situação dos torcedores tenta tirar o foco dos protestos contra a permanência do Pastor à frente do colegiado na Câmara.

A comitiva da Comissão de Direitos Humanos aguarda apenas a emissão de uma carta de apresentação pelo Ministério das Relações Exteriores para definir a data da viagem do grupo, que deve negociar com as autoridades bolivianas a soltura dos brasileiros, uma vez que o autor do disparo de sinalizador está no Brasil.

Leia tudo sobre: FelicianoCorinthiansDireitos HumanosCâmara

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas