‘Serra devia ser candidato a deputado’, diz presidente do PSDB paulista

Por Brasil Econômico - André Pires e Pedro Venceslau | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

O deputado estadual Pedro Tobias diz que o momento é de Aécio Neves e o PSDB tem de usar a razão

Brasil Econômico

Depois de os tucanos paulistas ensaiarem um foco de resistência ao nome do senador mineiro Aécio Neves como candidato da legenda ao Palácio do Planalto, o presidente do PSDB paulista, deputado estadual Pedro Tobias, decretou o fim da polêmica: “O Serra (José Serra, ex-governador de São Paulo) é o homem mais preparado do Brasil, mas o momento é do Aécio. Estamos com ele. O PSDB tem que usar a razão”.

Poder Online: Alckmin já cogita novo destino para pasta oferecida a Serra

Leia mais: Aécio diz que Dilma tirou os olhos de 2013

Diante desse cenário, Pedro Tobias sugeriu que Serra dispute uma vaga de deputado em 2014. “Ele levaria mais três ou quatro deputados com ele para a Câmara”, afirmou deputado.

2014: PSDB paulista já fala em aceitar indicação de Afif para ministério

Leia mais: Para 2014, Eduardo Campos mira na base de Aécio Neves

Convenção do PMDB: Dilma afaga Temer e é recebida em clima de campanha

O Brasil Econômico apurou que o silêncio do ex-presidenciável tucano está causando incomodo no PSDB. Apesar do clima bom para Aécio em São Paulo, tucanos reclamam reservadamente do “timing” do senador mineiro, que escolheu Goiânia como palco para assumir publicamente que está no páreo. Para eles, seria de bom tom que Aécio esperasse mais alguns dias e deixasse para fazer a oficialização entre os paulistas e ao lado de Serra.

Leia tudo sobre: psdbjosé serradeputado federaleleições 2014aécio neves

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas