Presidente se recupera de uma fissura no pé direito após tropeçar em escada durante o carnaval

A presidente Dilma Rousseff apareceu nesta quarta-feira usando uma sandália crocs no pé direito em encontro com o primeiro-ministro da Rússia, Dmitri Medvedev, no Palácio do Planalto, que durou cerca de uma hora. Dilma sofreu uma fissura no dedão ao tropeçar na escada da Base Naval de Aratu , na Bahia, onde passou o carnaval, e precisou imobilizar o pé com uma bota ortopédica.

Leia também: Dilma machuca o dedo do pé na Bahia e usará bota ortopédica 

Leia mais:  Dilma exalta sucesso do Bolsa Família e ataca 'correntes conservadoras'

Dilma usa crocs em evento com o primeiro-ministro da Rússia
Agência Brasil
Dilma usa crocs em evento com o primeiro-ministro da Rússia

De acordo com o Blog do Planalto, a presidente se submeteu a uma radiografia que comprovou a fissura no dedão do pé direito. Ela chegou a cancelar uma viagem para Serra Talhada, em Pernambuco, na segunda-feira, onde iria inaugurar uma adutora, ao lado do governador do Estado, Eduardo Campos.

Nesta quarta-feira, os governos do Brasil e da Rússia firmaram uma declaração de intenções para que o Ministério da Defesa inicie negociações destinadas à compra de baterias antiaéreas russas, o desenvolvimento conjunto de novos produtos de defesa e a transferência de tecnologia para a participação de empresas estratégicas brasileiras nos processos de produção e sustentabilidade logística integrada.

No documento assinado, os dois países declaram a intenção de incrementar, a partir de março, as negociações “com vistas à possibilidade de preparação de contrato para futuras obtenções” de baterias antiaéreas russas, com “transferência efetiva de tecnologia, sem restrições”.

Dilma recebe o primeiro-ministro russo Dmitri Medvedev no Palácio do Planalto
Agência Brasil
Dilma recebe o primeiro-ministro russo Dmitri Medvedev no Palácio do Planalto

Com Agência Brasil e Agência Estado

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.