Partido de Marina vai se chamar Rede

Por Ricardo Galhardo , iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Nome surgiu de debates online na página dos Sonháticos na internet e foi o preferido da ex-senadora por sintetizar o conceito que ela quer dar à sigla; oficialização será no dia 16

O partido a ser fundado pela ex-senadora Marina Silva vai se chamar Rede. O nome e até mesmo a decisão de criar ou não um novo partido serão definidos apenas no dia 16 quando os Sonháticos, como se autodenominam os integrantes do Movimento por uma Nova Política e apoiadores de Marina, vão se reunir em Brasília.

Marina Silva: ‘Não se trata apenas de criar partido e disputar eleição’

Poder Online: Debate sobre novo partido de Marina tem tucano e herdeira do Itaú

AE
Marina Silva oficializará novo partido dia 16

Segundo fontes próximas de Marina, o nome surgiu nos debates online feitos a partir da página dos Sonháticos na internet. Uma pequena roda de apoiadores próximos da qual fez parte a própria Marina avaliou várias sugestões e acabou escolhendo o nome Rede.

O nome foi o preferido por sintetizar o conceito que Marina quer imprimir ao partido. Ao contrário das demais legendas, a (ou ‘o’) Rede terá uma estrutura horizontal e “multicentralista” no qual todos militantes, em tese, terão poder de orientar os rumos do partido.

A ex-senadora evita dizer que aprovou ou escolheu pessoalmente o nome do partido. Ela e seu grupo vão apresentar a sugestão no encontro do dia 16, em Brasília. A estimativa é que o evento de fundação da (‘do’) Rede tenha a participação de mais de três mil sonháticos que vão pagar as passagens e hospedagens do próprio bolso.

Leia tudo sobre: marina silvanovo partidorede

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas