Alckmin demite chefe de autarquia que apoiou Russomanno para prefeito

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

José Tadeu Rodrigues Penteado deixou o comando do Ipem na semana passada e, três dias depois, outros 39 funcionários que lhe eram subordinados foram dispensados

Agência Estado

O governo de São Paulo trocou o comando do Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (Ipem), sete meses depois que o superintendente do órgão provocou um mal-estar com aliados do governador Geraldo Alckmin (PSDB) ao participar de um ato a favor de Celso Russomanno (PRB) - então candidato à Prefeitura de São Paulo e adversário do tucano José Serra. José Tadeu Rodrigues Penteado deixou o comando do instituto na semana passada e, três dias depois, outros 39 funcionários que lhe eram subordinados foram dispensados de suas funções.

Governo de São Paulo: Serra é cotado para assumir secretaria de Alckmin

Leia mais: Pragmatismo político une Alckmin e Haddad

Penteado é ligado ao deputado estadual Campos Machado (PTB) - que apoiava Russomanno - e ao ex-secretário adjunto de Justiça Fabiano Marques de Paula, que já havia sido exonerado em novembro de 2012. Segundo o governo, tanto a demissão de Fabiano Marques quanto a troca de comando do Ipem se devem a critérios técnicos. Campos Machado, no entanto, afirma que o movimento é uma retaliação contra seus aliados.

Leia também: Haddad rebate crítica e diz que governo não faz política de jeitinho

Em julho de 2012, o então secretário adjunto de Justiça convocou funcionários do Ipem - órgão que ele já comandou - para participar de um encontro com Russomanno. O convite foi feito durante o expediente, mas o evento aconteceu apenas às 19h. A participação de Marques na reunião foi noticiada pelo jornal Folha de S.Paulo, e teria provocado um desconforto entre o secretário adjunto e sua superior, a secretária Eloisa de Sousa Arruda. Ele foi exonerado do cargo um mês após a eleição municipal.

No último sábado, o governo publicou a dispensa de José Tadeu Penteado da chefia do Ipem. Os 39 funcionários foram dispensados na terça-feira pelo novo superintendente, Alexandre Modonezi de Andrade. 

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas