Valor deve ser usado na construção 1,1 milhão de novas residências no Minha, Casa Minha Vida, entre 2013 e 2014, segundo Aguinaldo Ribeiro, titular de Cidades

Para cumprir a promessa feita pela presidenta Dilma Rousseff a cerca de 4 mil prefeitos, de construir 1,1 milhão de residências pelo programa Minha Casa, Minha Vida até 2014, o governo federal deve desembolsar R$ 90 bilhões. O valor foi informado pelo ministro Aguinaldo Ribeiro (Cidades). “Dos R$ 247 bilhões do Minha Casa, Minha Vida, falta executar ainda R$ 90 bilhões”, afirmou ao iG .

Leia mais: Dilma eleva para R$ 127,6 bilhões o repasse para cidades em 2013

Após Dilma incitar, ontem, os prefeitos a facilitar a implantação das residências investindo recursos na preparação de terrenos e infraestrutura para que os complexos habitacionais sejam construídos, o ministro minimizou críticas de prefeitos de cidades com menos de 50 mil habitantes – que pela primeira vez serão atendidos pelo programa.

Alguns prefeitos alegaram que não teriam condições financeiras para investir por conta própria. Segundo o ministro, “o que a presidenta quis dizer” é que seria “importante” e não uma obrigação.

Ribeiro também detalhou que dos R$ 66,8 bilhões anunciados pela presidenta aos prefeitos, R$ 12 bilhões serão repassados para obras de tratamento de água e esgoto. Outros R$ 5 bilhões irão para pavimentação de ruas e avenidas. “Vamos apreciar projetos que já estão prontos para seleção”, afirmou.

Leia também: Dilma propõe acordo a 833 municípios para saldar INSS

O ministro endossou o argumento político usado por Dilma para atrair os prefeitos para os programas federais. “Faremos muitas coisas em cidades e estados, em 2013, que tenham interesse para que os novos prefeitos possam apresentar aquilo que estão pensando em deixar como realizações suas”, disse. “Não adianta ter obras só no papel.”

As cidades de pequeno porte, abaixo de 50 mil habitantes, também terão acesso a R$ 7,15 bilhões para projetos de mobilidade urbana. O Ministério das Cidades deve anunciar em fevereiro uma lista com mais de 2 mil municípios cujos projetos foram aprovados para receber os recursos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.