Ministra da Casa Civil ganha maior exposição da mídia ao ser escalada para anunciar medidas do governo; ela deve disputar o governo do Paraná

Estadão Conteúdo

Agência Estado

Gleisi terá maior exposição no governo para viabilizar candidatura ao governo do Paraná
Felipe Bryan Sampaio/ iG
Gleisi terá maior exposição no governo para viabilizar candidatura ao governo do Paraná

Principal aposta do Planalto e do PT para desalojar o PSDB de um dos seus mais importantes núcleos de poder - o governo do Paraná -, a ministra Gleisi Hoffmann começa a ganhar mais visibilidade à frente da Casa Civil. "A Loura", como é chamada pela presidente Dilma Rousseff , viu, no fim do ano passado, sua futura candidatura ao governo paranaense ser turbinada, com maior exposição na mídia ao ser escalada para anunciar medidas para o enfrentamento aos efeitos da seca no semiárido.

Leia mais: Dilma cobra metas e resultados de ministros do PT

Também coube a Gleisi detalhar os vetos ao projeto que redistribui os royalties do petróleo e, na véspera do Natal, o novo valor do salário mínimo. Além disso, Gleisi virou a estrela dos planos de infraestrutura do governo, conseguiu emplacar o último ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), o paranaense Sérgio Luiz Kukina, e firmou seu nome na condução da pasta.

Poder Online: Dilma no quintal de Eduardo Campos

A presidente Dilma está apoiando a estratégia, liberando a ministra para frequentes viagens estaduais. Agora, Gleisi irá ao Paraná, ao lado da presidente Dilma. Será no dia 4 de fevereiro, quando a ministra desembarca em Cascavel, para anunciar investimentos federais no Estado.

O Paraná é um dos últimos focos de resistência ao petismo. A própria Dilma perdeu ali para José Serra (PSDB) no segundo turno das eleições de 2010 - o tucano obteve 55,44% dos votos válidos. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.