Haddad toma posse em sessão na Câmara e defende Legislativo forte

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Novo prefeito de São Paulo participará ainda de cerimônia para a transmissão do cargo, na sede da prefeitura

Agência Estado

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), tomou posse há pouco em sessão solene na Câmara dos Vereadores, pregando um trabalho conjunto com o Legislativo, em prol dos projetos prioritários para o desenvolvimento da cidade e redução das desigualdades sociais. A sessão foi presidida pelo vereador Gilson Barreto (PSDB), que é o mais antigo dentre os 55 eleitos.

Leia também: Prefeitos eleitos tomam posse em todo o País

Rio: Eduardo Paes toma posse em cerimônia na Câmara Municipal 

Futura Press
Haddad, durante sessão solene na Câmara , primeiro evento para marcar sua posse na Prefeitura de São Paulo

Em rápido discurso, Haddad adotou um tom conciliatório em relação aos vereadores eleitos. "Por ser da academia, acredito na República e na democracia e não há república e nem democracia sem um Legislativo forte", frisou.

Haddad afirmou também que as portas de todas as secretarias e subprefeituras estarão abertas para os vereadores, com a finalidade de discutirem as soluções para os problemas de São Paulo. "Tenho grande respeito e consideração pelo Legislativo, não sou daqueles que encaram o Legislativo como uma barreira."

Tomaram posse também os 54 vereadores eleitos em outubro do ano passado, sendo dois suplentes e a vice-prefeita Nádia Campeão (PCdoB). O vereador eleito Toninho Paiva (PR) não compareceu à cerimônia por motivos de saúde e, assim, não foi empossado.

Dentre os presentes, estavam o ex-ministro Orlando Silva e deputados federais e estaduais. Após a cerimônia solene na Câmara dos Vereadores, Haddad e Nádia Campeão seguiram para a cerimônia de transferência de cargo na Prefeitura de São Paulo.

Leia tudo sobre: POLÍTICA

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas