Rosemary foi única chefe indicada por Lula que Dilma manteve

Demitida há 15 dias após envolvimento na Operação Porto Seguro, Rose ocupava desde 2009 cargo DAS 6, com salários na faixa de R$ 11,2 mil

Agência Estado |

Agência Estado

Rosemary Noronha, uma das personagens centrais do esquema de corrupção desbaratado pela Operação Porto Seguro , foi a única funcionária não concursada da Presidência mantida em cargo de chefia após a transição de poder entre Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff .

Conclusão: PF encerra inquérito sobre a Operação Porto Seguro

Consciente: 'Não fiquei surpreso', diz Lula sobre operação da PF que atingiu Rosemary

Próxima de Lula, Rose, como era conhecida, ocupava desde 2009 um cargo DAS 6 - reservado a secretários, chefes e diretores de departamento, com salários na faixa de R$ 11,2 mil. Rose foi demitida há 15 dias, após a operação da Polícia Federal.

O levantamento sobre os 6.515 servidores federais não concursados que estão em postos de livre nomeação (DAS) mostra que, quanto maior a importância e a remuneração do cargo, menor é a taxa de "sobrevivência" dos remanescentes da gestão Lula - tanto no âmbito da Presidência quanto em ministérios.

É nos cargos DAS - sigla de "Direção e Assessoramento Superior" - que se acomodam a maioria dos servidores indicados por partidos políticos.

Ministro da Justiça: Cardozo nega que quadrilha atuava ‘no seio’ da Presidência

Operação Porto Seguro: Escutas da PF flagram negociações

Leia também: Rosemary disse a aliados que trataria com Lula de nomeações

Entenda: Projeto suspeito no Porto de Santos motivou ação da PF, diz procuradora

No caso dos salários mais elevados, de R$ 8.988 a R$ 11.179, não há cota mínima de concursados. São esses postos os mais visados. Mesmo nesses casos, porém, os servidores de carreira são maioria: 60% entre os DAS 6 e 68% entre os DAS 5.

Os dados do Portal da Transparência do governo mostram que, em relação ao começo da gestão, Dilma ampliou o número de cargos DAS (de cerca de 21,7 mil para 22,3 mil), mas, ao mesmo tempo, reduziu o número de não concursados que os ocupam (de 6.689 para 6.515).

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG