'Vou mudar minha maneira de ser', diz o futuro vereador Marquito de São Paulo

Com o anúncio de Celso Jatene para a Secretaria de Esportes, humorista assumirá a vaga na Câmara; capital paulista terá o seu próprio Tiririca

Ricardo Galhardo - iG São Paulo |

Divulgação
Com mais de 22 mil votos, Marquito obteve a 1ª suplência do PTB por uma vaga na Câmara

A cidade de São Paulo já tem o seu próprio aspirante a Tiririca. Com a indicação do vereador Celso Jatene (PTB) para a Secretaria Municipal de Esportes na gestão de Fernando Haddad (PT) o humorista Marco Antonio Ricciardelli, o Marquito, conhecido pelas dublagens bizarras que faz no Programa do Ratinho, vai assumir uma vaga na Câmara Municipal da maior cidade do país. Marquito obteve 22.198 votos e ficou com a primeira suplência do partido.

Prefeito eleito:  Haddad oficializa o nome de mais sete secretários em São Paulo

“Vou mudar minha maneira de ser. Quando a gente mexe com o povo não tem palhaçada, o respeito é muito grande. Tem que ser sério e deixar o humorista em segundo plano”, disse Marquito ao iG no intervalo das gravações do especial de Natal do Programa do Ratinho.

A candidatura de Marquito foi uma tentativa do PTB paulistano de repetir o fenômeno Tiririca, também humorista popular, que em 2010 foi o deputado mais votado do Brasil, pelo PR, com 1,3 milhão de votos.

Veja o especial do iG sobre as eleições 2012

Cota: Kassab diz ter 'simpatia' por obter cargos para o PSD no governo Haddad

Até os slogans de campanha seguem a mesma lógica. O deputado se elegeu com o refrão “pior do que está não fica, vote Tiririca”. O futuro vereador se apresentou ao eleitor com o argumento “esquisito por esquisito, vote no Marquito”.

Ambos foram alvo de chacotas na imprensa e descrédito por parte dos políticos tradicionais. Tiririca chegou a ser ameaçado de não disputar as eleições por suspeita de ser analfabeto. Em Brasília, foi cercado de cuidados especiais por parte de seu partido e surpreendeu positivamente. Tiririca é um dos nove deputados (são 513 no total) a participar de todas as 171 votações da Câmara em 2012 e foi eleito um dos 25 melhores deputados do país pelos jornalistas que cobrem o Congresso Nacional.

O PTB também vai dedicar cuidados especiais a Marquito. “Teremos uma conversa com ele amanhã. Vamos colocá-lo a par da situação que envolve o mandato e ajudar na composição do gabinete. Todo o trabalho será feito em equipe. O interesse partidário tem que ficar sempre acima do pessoal”, disse o veterano vereador Paulo Frange (PTB).

Em rápida conversa por telefone, Marquito disse que sua prioridade será a saúde, embora ainda não saiba exatamente o que vai fazer. “Depois que tomar posse no dia 1º de janeiro, vamos começar a trabalhar”, afirmou.

Marquito tem 52 anos e é sobrinho do apresentador Raul Gil. Já vendeu quadros de sua autoria na Praça da República, fez shows de humor em boates e circos até ser convidado pelo tio famoso para imitar um robô na televisão. Passou pelo finado programa Barros de Alencar, TV Record e hoje está no SBT, onde faz imitações e dublagens no Programa do Ratinho.

“Estou muito feliz por ter um trabalho novo e sério”, disse ele.

    Leia tudo sobre: são paulomarquitovereadorcâmara municipalcelso jatene

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG