Depoimento do ministro da Justiça deve ocorrer na próxima terça-feira; Senado já havia aprovado convite ontem

Agência Brasil

Após acordo, Senado já havia aprovado convite para ouvir depoimento do ministro
Agência Brasil
Após acordo, Senado já havia aprovado convite para ouvir depoimento do ministro

A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara aprovou hoje (28) requerimento de convite para que o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, para prestar esclarecimento sobre a Operação Porto Seguro da Polícia Federal. O depoimento dele deve ocorrer na próxima terça-feira (4) em reunião conjunta com a Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado.

Leia também: Senado aprova convite para ouvir ministros, mas livra Rosemary

O líder da minoria, deputado Antonio Carlos Mendes Thame (PSDB-SP), havia apresentado requerimento para a convocação do ministro, mas o documento foi transformado em convite.

A PF prendeu seis pessoas na Operação Porto Seguro, na sexta-feira (23). As ações ocorreram em São Paulo – capital e interior – e Brasília, decorrentes de investigação de um grupo de pessoas que atuava em órgãos federais para beneficiar interesses privados.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.