Filha de ex-chefe de gabinete da Presidência é exonerada

Saída ocorreu 'a pedido', segundo despacho no Diário Oficial; governo formalizou também três afastamento no Ministério dos Transportes

Agência Estado |

Agência Estado

O governo publicou no Diário Oficial da União (DOU) nesta terça-feira novas demissões decorrentes do esquema desmantelado pela Operação Porto Seguro, da Polícia Federal . A operação investiga o envolvimento de servidores na emissão fraudulenta de pareceres técnicos para beneficiar empresários.

Leia também: Oposição quer ouvir enviolvidos na Operação Porto Seguro

Entenda o caso: PF desmantela organização infiltrada em órgãos federais

Também nesta terça-feira, a filha de Rosemary Nóvoa de Noronha, ex-chefe de gabinete da presidência da República, foi exonerada "a pedido" do cargo de assessor técnico da Diretoria de Infraestrutura Aeroportuária. Rose havia empregado a filha Mirelle Nóvoa de Noronha, na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Também foram afastados José Francisco da Silva Cruz, inventariante da extinta Rede Ferroviária Federal S.A.; Jailson Santos Soares, o ouvidor da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq); e Enio Soares Dias, chefe de gabinete da Antaq.

O afastamento de Jaílson foi publicado no Diário Oficial da União, nos despachos da Presidenta da República, e a exoneração de José Francisco foi assinada pela ministra Gleisi Hoffmann, da Casa Civil, juntamente com a de Glauco Alves Cardoso Moreira, procurador-geral da Antaq. Já Ênio foi demitido pela própria agência.

Com Agência Brasil e Agência Estado 

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG