Ator de 'Gonzaga' canta com Tiririca após constrangimento com Suplicy

Músico participou de homenagem a Luiz Gonzaga em comissão da Câmara; na plateia, deputado reforçou a cantoria

Nivaldo Souza - iG Brasília | - Atualizada às

O músico e ator Chambinho do Acordeon conseguiu finalmente cantar as músicas de Luiz Gonzaga no Congresso Nacional. Há 17 dias, ele passou por um mau bocado no Senado , causado pelo senador Eduardo Suplicy e, agora, ganhou espaço na Comissão de Educação e Cultura da Câmara para participar de homenagem aos 100 anos de Gonzagão nesta quinta-feira.

Desta vez, Chambinho teve o reforço do deputado Tiririca (PR-SP), que ocupava um lugar na plateia da comissão e acompanhou entusiasmado a cantoria.

Relembre: Suplicy faz músico passar por constrangimento no Congresso 

Entre as músicas e os discursos, o cantor e tocador de sanfona revelou que sonhou com o Rei do Baião por vários dias durante as gravações do filme “Gonzaga de pai para filho”, de Breno Silveira. “Quando fui escolhido ( para interpretar Gonzaga no cinema ) fiquei 20 dias tendo pesadelo com ele puxando minha perna, dizendo: ‘Seu cabra, faça direito’”, disse.

Sanfoneiro nascido em São Paulo, mas criado no sertão do Piauí, Chambinho disse que esperava participar do filme para representar a categoria. “Pelo menos um sanfoneiro tinha que representar Gonzaga.”

Leia também: Filme sobre Luiz Gonzaga emociona na abertura do Festival do Rio

O ator também revelou que precisou superar dificuldades pessoais para viver no cinema a vida do primeiro artista a colocar o Nordeste no roteiro cultural da mídia nacional. “Meu maior desafio foi vencer a timidez. O Gonzaga era totalmente aberto. Considero o homem mais completo que este país já teve”, disse.


    Leia tudo sobre: GonzagaChambinhoLuiz Gonzaga

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG