'Renovação é o que todos os partidos buscam', diz Aécio Neves ao iG

Após derrota de José Serra em São Paulo, senador mineiro diz que troca de quadros no partido é necessária e 'não é contra ninguém'

Bruna Carvalho - iG São Paulo | - Atualizada às

Candidato natural do PSDB à Presidência da República em 2014, o senador Aécio Neves (PSDB) defendeu a renovação nos quadros e no discurso do PSDB. "É como disse o Heráclito há dois mil anos: 'A única coisa permanente são as mudanças'", disse ao iG . "Essa renovação é o que todos os partidos buscam, não só do ponto de vista geracional, mas também do ponto de vista das ideias e propostas", disse, acrescentando que essa necessidade de mudança independe dos resultados eleitorais. 

Leia também: Serra diz a tucanos que renovação é coisa do PT

A declaração de Aécio após o candidato do PSDB à prefeitura paulistana, José Serra, perder a disputa pelo comando da capital paulista para o petista Fernando Haddad . Sem nunca ter disputado uma eleição, o petista chegou ao segundo turno e saiu da corrida com 55% dos votos válidos. 

"A renovação não é contra ninguém. E não é só uma renovação de geração. É uma renovação de ideias. O ex-presidente Fernando Henrique ( Cardoso ) é um dos maiores estimuladores dessa renovação. Tenho certeza que o Serra pode ajudar também e que ele é a favor ( da renovação )", disse Aécio. 

Futura Press
Aécio se uniu a Fernando Henrique na defesa da renovação; nos bastidores, Serra tem dito que discurso faz jogo do PT

No domingo das eleições, horas antes de confirmada nas urnas a vitória de Haddad, FHC defendeu que o partido precisava se renovar . "O momento é de mudança de gerações, mas isso também não quer dizer que os antigos líderes vão desaparecer. Eles têm apenas que empurrar os novos para a frente", disse o ex-presidente.

Com vistas a 2014, Aécio Neves fez uma verdadeira peregrinação nestas eleições municipais nas capitais onde o PSDB e aliados concorreram, como Rio Branco, Manaus, Belém, Recife, Salvador, São Luís, Teresina, João Pessoa e Vitória, além de cidades estratégicas no interior de São Paulo, no Sul e no Nordeste do País. Entre esses lugares visitados pelo senador mineiro, estão Blumenau, Maceió e Pelotas - exemplo de cidades em que o partido venceu com candidatos novos.

Saiba mais: FHC afirma que PSDB precisa de renovação

"Temos que dar espaço no comando do partido para essa nova geração. É a forma mais correta de fortalecer o PSDB. Encontrar um discurso correto para essa nova classe média, e ninguém melhor que essa geração, que tem esse preparo, que são muito qualificados, para isso", afirmou.

Segundo o senador, o PSDB promoverá, em 3 de dezembro, um primeiro encontro com todos os prefeitos eleitos em Brasília, para afinar o discurso, unificar ações e dar a essa nova geração uma "identidade mais nacional". O tucano também destacou os resultados que o partido obteve no Norte e no Nordeste, onde, segundo ele, o PSDB tinha sido "dizimado". "Dá um fôlego muito grande para atualizar a nossa agenda."

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG