Líder do PDT na Câmara protocola pedido para CPI de pesquisa eleitoral

Para André Figueiredo (PDT-CE), diferenças entre os resultados de pesquisas e urnas indicam que levantamentos divulgados na véspera do 1º turno influenciam o voto do eleitor

Reuters |

Reuters

O Líder do PDT na Câmara, deputado André Figueiredo (CE), protocolou nesta quarta-feira (31) um pedido para criar uma Comissão Parlamentar Inquérito (CPI) para investigar os institutos de pesquisa eleitoral e evitar com que as sondagens sejam usadas como "manobra de consciência do eleitorado".

Leia também:  Gustavo Fruet é eleito prefeito de Curitiba

Divulgação
Para André Figueiredo (PDT-CE), discrepâncias entre resultados de pesquisas e das urnas são motivos para criação da CPI

O deputado citou discrepâncias entre resultados divulgados pelo institutos de pesquisa às vésperas do primeiro turno das eleições e os apresentados nas urnas como motivos para pedir a criação da CPI.

"Nós tivemos em várias capitais números completamente divergentes", disse o líder, que citou as sondagens em Manaus e Curitiba como exemplo.

Na capital paranaense as pesquisas de intenção de voto - e de boca de urna - não apontaram a chegada de Gustavo Fruet (PDT) no segundo turno. O resultado das urnas no primeiro turno, no entanto, colocou o pedetista na rodada decisiva contra Ratinho Júnior, do PSC.

Em Manaus, até a antevéspera das eleições, as pesquisas apontavam disputa acirrada entre Arthur Virgílio (PSDB) e Vanessa Grazziotin (PCdoB). Entretanto, as urnas mostraram uma liderança folgada do tucano.

"Os resultados apresentados na véspera da eleição foram completamente diferentes do que se constatou no dia da eleição."

Saiba mais:  Tucano Artur Virgílio Neto é eleito prefeito de Manaus

Para Figueiredo, as diferenças entre os resultados podem indicar que as pesquisas divulgadas na véspera do primeiro turno influenciaram o voto no dia seguinte.

"O que nós queremos é fazer com que as pesquisas não possam mais ser utilizadas como manobra de consciência do eleitorado", afirmou.

Representantes dos institutos de pesquisa, por outro lado, ressaltam que as sondagens não podem ser encaradas como uma antecipação do resultado eleitoral, mas sim como um retrato do eleitorado no momento em que foram feitas.

Gráficos:  Veja as pesquisas da eleição de 2012

Argumentam ainda que as eleições municipais têm um perfil muito mais dinâmico, com mudanças bruscas de opinião e surpresas que podem ser causadas por oscilações em pequenas fatias do eleitorado.

André Figueiredo reuniu 225 assinaturas para seu requerimento, número superior às 171 necessárias para a criação de uma CPI. A instalação depende, no entanto, de decisão do presidente da Casa, Marco Maia (PT-RS).

    Leia tudo sobre: cpipesquisas eleitoraispesquisapdtandré figueiredoeleições2012

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG