'Espero a melhor relação possível com o PT', diz ACM Neto

Eleito prefeito de Salvador, deputado promete diálogo aberto com Jaques Wagner e Dilma; secretário de transição será apresentado nos próximos dias

Nivaldo Souza - iG São Paulo |

Recém-eleito prefeito de Salvador, após derrotar o petista Nelson Pelegrino por uma diferença de 94.131 mil votos, o deputado ACM Neto (DEM-BA) quer aproximação ao PT do governador Jaques Wagner e da presidenta Dilma Rousseff . “Eu quero que seja a melhor relação possível”, disse ao iG .

Especial: Confira a cobertura completa do iG sobre as eleições 2012

Transformação: Veja a mudança na fisionomia de ACM Neto da infância até hoje

O advogado e deputado federal de 33 anos será o mais jovem a governar a capital baiana. A vitória de ACM Neto renovou o carlismo na Bahia, terreno no qual o PT ganhou espaço após a chegada de Wagner ao governo estadual, em 2006.

Tradicional opositor do governo petista nas esferas federal e regional, ACM Neto fez uma campanha com duras críticas à administração de Wagner. Agora, o novo prefeito diz que pretende deixar a rivalidade entre DEM e PT fora da administração pública da capital soteropolitana. “Todos temos de dar as mãos. Salvador vai precisar da ajuda de todo mundo e da minha parte quero construir as pontes necessárias, harmônicas, para que tudo possa ir bem”, diz.

ACM Neto irá apresentar nos próximos dias um secretário para comandar a troca de bastão com o atual prefeito de Salvador, João Henrique Carneiro (PP).

    Leia tudo sobre: eleições2012eleições2012bahiaacm neto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG