Morador de rua encontra urna eletrônica que foi furtada em São Paulo

Equipamento estava com os lacres intactos, mas sem o cabo de energia e o microterminal

iG São Paulo |

Um morador de rua encontrou a urna eletrônica que foi furtada na madrugada do último domingo, dia da eleição, segundo informações do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo. O equipamento foi achado dentro de um saco na avenida Prof. Osvaldo de Oliveira, perto da escola de onde foi levado. De acordo com o TRE, é a primeira vez que um incidente deste tipo é registrado em todo o Estado.

Leia mais:  Pela primeira vez, urna eletrônica é furtada em São Paulo

Veja a cobertura completa do iG sobre as eleições 2012

Os lacres estavam intactos e, por consequência, não houve violação da mídia de resultado e do flash de votação. A urna estava suja e com a chave quebrada. Apenas o microterminal, que acompanha a máquina, e o cabo de energia não estavam junto com o equipamento.

A Polícia Militar (PM) foi comunicada do aparecimento da urna na madrugada de hoje pelo próprio morador de rua. A PM ainda não tem indícios do autor do crime.

Segundo o Código Eleitoral (art. 340), está sujeito à reclusão de até três anos, além do pagamento de 3 a 15 dias multa, quem subtrai urna de uso exclusivo da Justiça Eleitoral.

A 405ª Zona Eleitoral, responsável pelo equipamento, fica no Conjunto José Bonifácio, região Leste da capital. O furto, que ocorreu na E.E. Prof Francisco de Assis Pires Corrêa, foi identificado no início da manhã de domingo. Os responsáveis pela votação na escola providenciaram outra urna eletrônica e a votação ocorreu normalmente.

    Leia tudo sobre: eleições2012tre-spurna eletrônica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG